Jornal chinês critica imagem transmitida de seu país em BF4

Em notícia divulgada pela Kotaku, o jornal chinês Zhongguo Guofangbao, criticou a forma como Battlefield 4, jogo de tiro da DICE e EA, retrata o país. Pela publicação, uma opinião cita a China de Battlefield retratada em uma visão ruim e enganosa à juventude chinesa.

O texto completo fala sobre os ideais norte americanos e dos vilões chineses criados no jogo, mostrando a insatisfação da forma em que a EA criou o jogo, julgando o ato como agressão cultural e induzindo aos leitores boicotar jogos que dessem uma má imagem à China: “Nós também devemos continuar resistindo à mídia de jogos que colocam a China em uma má imagem como o jogo da EA de 2003, Command & Conquer: Generals. Esse jogo foi proibido na China”.

Opinião do autor:

Desde pequeno ouvia críticas da visão das desenvolvedoras sobre o Brasil, como Blanka de Street Fighter e seu cenário, mas dizer que isso afetava a mente de jovens seria exagero. Sim, um jogo de guerra sempre dirá que o exército norte americano é bonzinho e quer a paz. Ai sim a crítica chinesa faz sentido.

Fonte: Kotaku

O que acha das críticas feitas? São justificadas ou deveriam ter sido encaradas como uma fantasia de um videogame? Comente aqui no lifestart. Siga-nos no Alvanista Twitter. Curta nossa página no Facebook.