Faltam 17 dias: Desvendando a história do videogame – A terceira geração

Vamos que vamos, menos 17 dias!

comp33Abrimos a largada pra Terceira Geração. Todos concentrados nos acompanhando?

Ready, Set, Go!

1983 Com a saturação de consoles e jogos sem sucesso, se via a clara decadência no mercado de games. Pensando em estabelecer um padrão no mercado de computadores e com baixo custo de produção para torná-los acessíveis a todas as pessoas, surge no mercado, o padrão aberto MSX. Na época era comum cada fabricante ter seu próprio padrão e eles não eram compatíveis entre si, para o MSX, qualquer produto dos diferentes fabricantes eram compatíveis. E com o seu sucesso de vendas, foram disponibilizados diversos dos jogos de clássicos às novas criações. O padrão foi concebido por Kazuhiko Nishi, ex-executivo da Microsoft do Japão e fundador da ASCII Corporation.

comp34A Nintendo, conhecida por seus decks de baralho, selos e alguns jogos para arcade, após analisar o mercado, lançou no Japão seu primeiro console, o Family Computer (Famicom). O console caiu nas graças do japoneses e vendeu como água.comp35O PV-1000 foi um videogame fabricado pela Casio, e foi lançado no Japão também em 1983. O console possuía apenas 2 Kb RAM, metade dessa memória era destinada à construção de sprites para personagens. A qualidade de imagem e gráficos parceria de jogos do final da década de 1970 e começo da década de 1980, por isso não conquistou o público. De acordo com os registros, saiu de linha em questão de algumas poucas semanas.

comp361984 – Devido a grande quantidades de consoles no mercado de games e muitos jogos de baixa qualidade, ocorreu o naufrágio dos consoles, o conhecido Crash dos videogame de 1984. Afetando praticamente todas as empresas do ramo.

1985 – A Nintendo aproveitou a crise e, após muito estudo, resolveu relançar a Famicom nos EUA, porém com um design totalmente remodelado e rebatizado de Nintendo Entertainment System (NES). Inicia-se uma nova fase no mercado de videogames. O NES se tornou o grande responsável pela recuperação do mercado de games. Seu sucesso e consolidação como um dos melhores consoles de todos os tempos se deu não apenas pela enorme biblioteca de jogos que possuía, mas também por grande parte desses jogos serem de altíssima qualidade para a época.

Essa quantidade e qualidade começou dentro de casa. A Nintendo começou criando franquias vencedoras como Mario, Zelda e Metroid. Com uma política rigorosa de licenciamento, conseguiu que empresas grandes apostassem suas fichas no console com jogos do mesmo nível como Contra (Konami), Final Fantasy (Square), Tecmo Super Bowl (Tecmo) e Megaman (Capcom).

comp37No Brasil, devido a demora de chegar os famosos consoles, a CCE lançou o Supergame VG 3000, considerado o clone brasileiro do Atari 2600, só que mais compacto. Nos controles só existem dois botões  (Start e Reset) e um interruptor On e Off.

comp38Com o avanço da concorrência, apresentou-se o MSX 2.0, uma grande evolução do computador, mas que ainda era baseado no processador Z-80 de 8 bits. O sistema operacional sofreu um upgrade para o MSX Basic V2.0, mas o computador continuava compatível com todos os softwares do MSX antigo. Pode se dizer que, apesar de ótimos gráficos, foram os jogos que fizeram a popularidade do MSX 2.0.

comp391986 – Pegando carona no Sucesso do NES, a Atari lança o Atari 7800 trazendo um console com mais memória, um processador e placa de vídeo mais potentes, além de um joystick de excelente qualidade. Também era possível jogar os clássicos da versão 2600 sem a necessidade de adaptador externo.

comp40Outra que tentou entrar na onda do NES, foi a Sega, que decidiu lançar o Master System, sucessor do SG-1000 visto na geração anterior, o console tinha visual moderno e agressivo, gráficos melhores do que o game da concorrência e um chip de som.

Na Oceania, Europa e aqui no Brasil as vendas foram melhores do que as do seu concorrente. Em nosso território, o console ficou bem conhecido. A parceria com a Tec Toy e sua oficialização nas lojas fez com que suas vendas fossem significativas. Quando falamos das vendas, devemos levar em consideração as oficiais e diretas. Não são consideradas as importações (comuns na época via Paraguai) e as diversas produtoras nacionais do concorrente como a CCE.

 

Apesar de ter grande aceitação no Brasil, não alcançou o sucesso esperado a nível global.

comp411987 – A World of Wonders, criou um console de videogame que usava jogos gravados em fitas VHS, o Action Max. O sistema exigia que o proprietário do videogame também tivesse um videocassete, pois o console não conseguia reproduzir fitas em si. O único controle era uma pistola de luz, na qual o jogador deveria atirar na tela.  O Console não tinha muita interatividade e nenhuma novidade, pois se baseava apenas em atirar nos objetos, independente do jogo. Seus poucos recursos de sistema o tornava muito limitado levando o console a queda rapidamente.

comp421988 – O Phantom System foi o primeiro console clone brasileiro da Nintendo Entertainment System (NES), lançado pela empresa brasileira Gradiente. Possuía a mesma plataforma 8-bit da Nintendo, e entrada para cartuchos de 72 pinos (padrão norte-americano), porém era possível utilizar cartuchos de 60 pinos (padrão japonês), com o uso de um adaptador.

comp431989 – A CCE, trazendo a diversão dos videogames para os brasileiros, lançou o Top Game, um clone do famoso NES (Nintendo Entertainment System). O Top Game teve três versões conhecidas sendo VG-8000 , VG-9000 e VG-9000T também conhecido como Turbogame.

comp44Outro clone brasileiro do NES, foi o Dynavision produzido pela Dynacom e usava um cartucho de 60 pinos (padrão do Famicom japonesa). Posteriormente foram lançadas outras versões: Dynavision II e III.

comp451990 – Lançado pela Commodore, apenas na Europa, o  Commodore 64GS foi criado como versão do Commodore 64, um computador de casa sem um teclado, o acesso direto (Unidade de disco, etc) ou chip ROM padrão. Foi considerado um grande fracasso comercial.

comp46O GX4000, foi a tentativa de curta duração da Amstrad para entrar no mercado de consoles. Foi lançado na Europa e possuía um design atual para a época. Apesar de ser um computador 8-bit baseados na série positivos Amstrad CPC, tinha gráficos e som melhorados, incluindo uma paleta de cores 4096 superior ao Mega Drive 16-bit.

comp47E chegamos ao fim de mais uma geração dos videogames. Até a próxima!

Não acompanhou toda a nossa contagem? Então acesse:

20 dias 15 dias 10 dias 5 dias
19 dias 14 dias 9 dias 4 dias
18 dias 13 dias 8 dias 3 dias
17 dias 12 dias 7 dias 2 dias
16 dias 11 dias 6 dias 1 dia

Deixe seu comentário, participe dando sua opinião, e não se esqueça de nos acompanhar nas redes sociais: Facebook, Twitter e Alvanista.