Faltam 16 dias: Desvendando a história do videogame – A quarta geração

Seguindo no pensamento positivo, apenas 16 dias!

Bora se distrair enquanto isso.

Chegamos a quarta geração e posso dizer que estou já estou reconhecendo alguns nomes.

 comp48
1987 – A NEC, famosa empresa de eletrônicos, entra no mercado com o PC Engine (Japão) / Turbografx 16 (EUA). Apresentando-se superior aos seus concorrentes em qualidade visual e uma extensa biblioteca de jogos não disponíveis nos outros consoles, conseguiu , no Japão, desbancar a NES de seu trono, porém não ocorreu o mesmo na terra do Tio Sam. A versão americana, Turbografx 16, não emplacou devido à fraca campanha de marketing. Foi o primeiro equipamento a possuir um periférico para drive de CD, possibilitando ler jogos em CD ROM. Posteriormente, a NEC lançou a versão PC Engine Duo (Japão) ou Turbo Duo (EUA), que já vinha com o drive de CD incorporado e 128 KB de RAM.
comp49

1988 – A Sega ressurge e lança o primeiro console de 16 bits do mercado, o Mega Drive (Japão) / Genesis (EUA, 1989), com um design futurístico e processador Motorola 68000, sua vantagem entre os concorrentes era a velocidade, processava informações a 7,67MHz. O videogame reproduzia até 80 sprites simultâneos na tela a uma resolução de até 320 x 480 pixels.

comp50
1989 – Pensando em aumentar seu domínio no mundo dos games, a Nintendo disponibilizou no mercado o Gameboy, um videogame portátil, simples e barato. Apesar de gráficos sem cores, possuía uma ótima variação de jogos  tornando-o um grande sucesso.

comp51Criado para competir contra a ameaça do sistema Nintendo Super Famicom, a NEC reformulou o seu grande sucesso PC Engine atualizando-o com mais memória RAM, o SuperGrafx. O equipamento foi vendido apenas no Japão e logo foi descontinuado quando viram que seu PC Engine ainda estava vendendo bem.

comp52Final de 1989 – A Atari compra a Epyx, da tecnologia do portátil “Handy”, e lança o Lynx, o primeiro portátil colorido do mundo. Considerado uma obra tecnológica para a época, possuía 1 processador principal de 8 bits, e um chip gráfico de 16 bits, mas devido a falta de bons jogos, não ameaçou as vendas do Gameboy.

comp531990 – A NEC resolveu também lançar seu game portátil, o PC Engine GT (Japão) / Turbo Express (EUA,1991), uma versão compactada do PC Engine. Apesar de toda a tecnologia disponibilizada, o portátil apresentou algumas dificuldades como alto preço e a falta de jogos exclusivos para a tela pequena, não deixando alcançar o sucesso procurado.

comp54Embalada no sucesso de seus jogos eletrônicos (arcades), a SNK anuncia seu primeiro console, o Neo Geo. Com uma poderosa placa para arcades, o MVS permitia a troca dos jogos através de cartuchos e produzia gráficos 2D, com até 65.000 cores simultâneas e 4 planos de “parallax” (planos de fundo com movimentação horizontal). Tentando sacudir o mercado, a SNK cometeu um grande erro: preços acima da média. Com isso, ficou conhecido como um “console de luxo”.

comp55Final 1990 – Observando os avanços de seus concorrentes após o sucesso de seu Famicom / NES, a Nintendo lança seu sucessor Super Family Computer ou Super Famicom (Japão) / Super Nintendo Entertainment System – SNES (EUA, 1991). Usava uma CPU 65C816 de 16 Bits com uma frequência de 3,58, 2,68, ou 1,79 MHz o que deixava o console competitivo aos demais concorrentes da geração, apesar dos slowdowns em vários jogos. Na parte gráfica, o console recebeu posteriormente o apoio do SuperFX, chip que vinha já no cartucho e permitia ao console rodar jogos com gráficos tridimensionais.

O console caiu no gosto do consumidor e foi um estrondoso sucesso. Venceu a quarta geração em vendas.

comp56 1991 – O Commodore CDTV, foi o primeiro dispositivo de consumo baseada em CD-ROM no mercado, fabricado pela Commodore. Baseado no Amiga 500,possui a capacidade de reproduzir música padrão de áudio. O proprietário do CDTV tem muito por onde escolher, como música, jogos, animação, vídeo em movimento.

comp57A Sega se arrisca no mercado de portáteis e lança o Game Gear. Com uma superioridade técnica em cima dos concorrentes, era composto por tela colorida, processador Z-80 de 3.58 MHz, 24K de memória RAM , tinha tudo para desbancar o Gameboy, mas devido à falta de bons e criativos jogos e marketing inadequado, o game não conseguiu ficar no top.

comp58A Sega também cria um videogame que se encaixa no Mega Drive e funciona com mídia CD, o Sega CD (EUA e Brasil) ou Mega CD (Japão e Europa). Desenvolvido para disputar as vendas com o TurboGrafx-CD. Mas o console não caiu no ggosto do público, por causa de seu alto preço e jogos já lançados em cartucho. Posteriormente, a Sega lançou um aparelho com o hardware do Mega Drive já acoplado com o Sega CD, chamado de Sega CDX, sendo possível jogar os jogos das ambas plataformas, além de seus respectivos acessórios.

comp59Produzido pela Philips, o CD-i ou Compact Disc Interactive, foi criado para fornecer mais funcionalidades do que um leitor de CD de áudio ou console de jogos, e por um preço menor do que um computador com um CD-ROM. Foram produzidos jogos, títulos de referência de educação e multimídia, assim como enciclopédias interativas, visitas a museus, etc.

comp601992 – A NEC realiza a combinação do  PC Engine, TurboGrafx-16 e CD CD player, e cartão de Super System em um único pacote , lançando o TurboDuo ou PC Engine Duo.

comp61Proveniente da Asia, o Supervision foi lançada pela Watanabe. Um videogame portátil ligeiramente melhor em design e mais barato para o consumidor, porém falhou em fornecer a qualidade dos jogos necessários para conquistar o mercado.

comp621993 – Outro game lançado na disputa dos videogames portáteis foi o Mega Duck ou Cougar Boy, lançado pela Creatonic / Timlex / Videojet. O console é em preto e branco e um pouco maior e mais grosso do que um Gameboy normal.

comp631994 – O Neo Geo CD da SNK é um modelo mais barato do Neo Geo AES. O console de cartucho e os jogos eram extremamente caro, por isso a solução foi usar o CD no lugar do cartucho.

comp641995 – A Funtech Entertainment Corp decide criar o primeiro sistema de jogos de vídeo feito exclusivamente em Taiwan, o Super A’can. É um console de 16 bits e parece ser composto com elementos de outros consoles populares como o caso de seu exterior e controladores que se assemelham ao Super NES, O conector do controlador pin-outs são idênticos aos do Sega Genesis.

comp65E chegamos ao fim de mais uma geração dos videogames.

Não acompanhou toda a nossa contagem? Então acesse:

20 dias 15 dias 10 dias 5 dias
19 dias 14 dias 9 dias 4 dias
18 dias 13 dias 8 dias 3 dias
17 dias 12 dias 7 dias 2 dias
16 dias 11 dias 6 dias 1 dia

Deixe seu comentário, participe dando sua opinião, e não se esqueça de nos acompanhar nas redes sociais: Facebook, Twitter e Alvanista.