Battlefield 4: Jogamos o beta e dividimos nossas impressões

BF4 - Primeira
Ontem, dia 01 de outubro, tivemos a chance de auxiliar a DICE testando Battlefield 4. O beta foi utilizado pela aquisição do pacote Premium feita de Battlefield 3 e testada no Xbox 360.

Três integrantes do lifestart vão colocar suas impressões abaixo do jogo, fazendo aqui um “Fogo Cruzado”, uma análise ou prévia de jogo feita por dois ou mais integrantes. Esse trabalho será visto novamente no site com outros jogos.

 

O beta iniciou com uma tela muito complexa e não traduzida para pt-br como eu esperava. Alterar opções, layouts, customizar armas, camuflagem e veículos está mais difícil, apesar de ter melhorias na visualização. No jogo, foi somado um certo dinamismo na movimentação e nas opções de batalha muito interessantes, mas mexeram na configuração de alguns botões e na distribuição de armamentos negativamente. Caixas de munição não recarregam explosivos, edificações são feitas exclusivamente para cair e os gráficos não são o que eu esperava da nova engine. Positivamente, há revide da facada, aumento da necessidade de jogar em equipe e o Battlelog que foi melhorado com uma interface na tela inicial do jogo, além de fazer melhores comparativos por missões e região.

Rogério Rocha

bf4

O Battlelog conseguiu ficar melhor

…………………………………………………………………………………………………………………………

Nas primeiras impressões já me deparei com alguns pontos negativos. Esperava mais dos gráficos, percebi muitas falhas onde parte dos objetos somem e depois aparecem, além de detalhes e texturas pobres, Com o jogo travando bastante, encontrei usuários aliados sem identificação onde gastei um pente de balas até descobrir isso. Desnível no dano e alcance das armas. A pistola por exemplo está com um dano e alcance absurdo, interferindo muito e principalmente nas partidas de Conquest Assault. Ops, mas também vou destacar o que gostei muito, que com certeza está fazendo a diferença é a interatividade e as diversas possibilidades na formulação de uma estratégia que o campo de batalha te possibilita. O som das armas e do ambiente estão ainda mais nítidos e reais com mais destruições. Um menu de classes muito mais detalhado com novas armas e uma reformulação das classes, o que achei muito justo e mais dinâmico. Até força o Recon a se arriscar mais em confrontos diretos na batalha.

Rafael Rios

Falhas de textura Battlefield 4

Falhas de textura Battlefield 4

…………………………………………………………………………………………………………………………

Beta interessante, porém o design gráfico deixou um pouco a desejar em função do já visto em BF3. Opções de classe diversificadas e combinações diferenciadas elevando a jogabilidade de qualquer classe, dando dinamismo e maiores chances de sobrevivência. Peca apenas no menu de alteração das armas e attachments, um pouco confuso para jogadores iniciantes. O mapa apresentado tem interações inovadoras, como o prédio central da partida. É desafiador subir o elevador e não dar de cara com qualquer player esperando na porta, sem citar o desabamento, completamente um show a parte. A DICE veio com grandes inovações, somente na parte gráfica que o cenário deixou a desejar, mas creio que a empresa irá apresentar um patch com correção gráfica e poderemos sorrir e desfrutar de uma grande obra prima.

Magno Freitas

BF4 - Predio

Design gráfico inferior ao BF3

…………………………………………………………………………………………………………………………

Dividimos com vocês as impressões, mas queremos deixar claro que foram feitos testes no primeiro dia e que alguns erros encontrados ocorreram conforme a situação do jogo e já podem ter sido corrigidos. Também fizemos a lição de casa. O objetivo do beta era receber retorno dos usuários, e isto foi feito no devido canal, conforme este link.

Não deixe que as impressões parem por aqui. Comente sua impressão do beta. Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Alvanista e Twitter.