Análise: Plants vs. Zombies 2

logo

Tower Defense é uma categoria de jogos de estratégia em tempo real. Usualmente as metas consistem em impedir que inimigos cheguem a determinado ponto, utilizando uma série de táticas e armamentos. Em 2009, a já famosa PopCap Games, conhecida por clássicos móveis como Bejeweled e Zuma, lançava Plants vs. Zombies, o game que se tornaria uma das referências neste mercado.

Quatro anos mais tarde e após milhões de downloads em todo o mundo, a mesma PopCap (agora uma subsidiária do grupo EA Games) lança a continuação de seu blockbuster. É o Plants vs. Zombies 2 – It’s about time, exclusivamente para as plataformas móveis da Apple (iPads, iPhones e iPods touch).

Aqui a fórmula clássica se repete. Você precisa ajudar Crazy Dave a manter sua pacata vida enquanto uma enxurrada de carismáticos zumbis fazem o possível para invadir a casa dele, e fazer um banquete com o cérebro do barbudo.

LOCALIZAÇÃO

E aqui começam ótimas percepções para nós, gamers brasileiros. A EA tem um bom histórico de adaptações de jogos para o português brasileiro. Principalmente nas franquias mais jovens como The Sims e Sim City. Em Plants vs. Zombies 2, é possível notar o quanto o time de tradutores trabalhou bem para garantir uma ótima localização do jogo para o nosso país. Esqueçam Crazy Dave! Seu nome agora é Dave Doidão!

IMG_0668

PERFIS E ICLOUD

Outra ótima melhoria para esta segunda versão do game é a separação de jogos por perfis. Agora, você que compartilha um equipamento com amigos ou familiares não precisa mais se preocupar em ver seu jogo concluído sem sua interferência. Cada perfil tem nome do jogador, fotografia personalizada, e todos são automaticamente sincronizados via iCloud. Dessa forma, você pode começar sua partida em um iPhone na fila de um banco, e terminá-la no sofá de sua casa, e retomar seu jogo em um iPad, sem nenhuma perda de pontuação, itens colecionados, ou progresso na história.

IMG_0754

HISTÓRIA

It’s about time, ou “já era tempo” é o nome desta segunda edição do game. Aqui temos uma trama mais elaborada do que a do primeiro game. It´s about time, é narrada a seguinte história: “Dave Doidão comeu um delicioso taco.  Mas este taco era tão bom, que ele resolve construir Penny, uma máquina do tempo, para voltar alguns minutos no passado e provar novamente o inesquecível sabor daquele maravilhoso taco. Mas por conta de um defeito em seus circuítos, Penny faz com que Dave volte no tempo passando por lugares como o Egito Antigo, o Mar dos Piratas e o Velho Oeste. A missão do jogador? Auxiliar Dave a manter seu cérebro inteiro, enquanto ele e Penny tentam descobrir como voltar para casa.”

AS PLANTAS

Plants vs. Zombies consiste em defender a casa de Dave com as suas plantas bastante funcionais. Sunflower, agora chamada de Girassol, é a principal planta do game. Plantar girassóis lhe permite recolher mais luz solar no ambiente. Os sóis são necessários para que você possa plantar. Eles são a moeda do jogo. Com eles, você pode adquirir DisparErvilhas, AlfaicBergs, NozObstáculos, BatataMinas, RepolhosBoxeadores e uma série de outros combatentes que o ajudarão a manter os zumbis longe da casa de Dave.  O jogo acompanha um útil almanaque de plantas, zumbis, e melhorias. Esse almanaque contém a descrição detalhada de cada item. Vale a visita para novamente ver a atenção que a equipe da EA deu aos detalhes, descobrindo, por exemplo, que a RepolhoPulta (uma catapulta que joga repolhos) fez doutorado na Universidade Federal de Safras.

OS ZUMBIS

Aqui a galhofa também reina de forma bemvinda e com o mesmo humor. Os zumbis são carismáticos e o almanaque também traz suas descrições com muito capricho. Temos zumbis como o básico, que não aprecia este nome por se considerar um indivíduo, o zumbi múmia, que na verdade apenas está enrolado em papel higiênico e o egípcio Zumbi Rá, que gosta de roubar seus sóis.

pirata

Apesar de terem esta personalidade leve, os zumbis realmente se esforçam para ultrapassar as suas plantas e adentrar a casa de Dave, enquanto a quantidade de zumbis e seu nível de complexidade vai aumentando gradualmente a cada nível conquistado. Não se preocupe quando começar a perder. Tudo que você precisa fazer, é rever suas estratégias, avaliando melhor quais plantas lhe defenderão de forma mais eficaz.

JOGABILIDADE

E vamos ao game: Jogar Plants vs. Zombies 2 não requer experiência prévia do usuário na primeira versão. Logo no início após um rápido tutorial que ensina os primeiros movimentos, você já estará apto a começar a plantar girassóis, enfileirar plantas combatentes, e se defender das muitas hordas de zumbis que tentarão adentrar as moradias de Dave Doidão no Egito Antigo.

IMG_0705

Se um zumbi ultrapassa as suas barreiras, você ainda tem uma segunda chance de se manter no jogo. A maioria dos níveis conta com fileiras de cortadores de grama na frente da casa de Dave. No entanto, abusar deste recurso é arriscado, principalmente por comprometer a evolução no jogo e o desbloqueio de novos níveis.

Para evoluir entre os espaço-tempos, liberando novos níveis, não basta apenas passar por todas as telas. Passar do Egito Antigo para o Mar dos Piratas, por exemplo, requer a conquista de quinze estrelas. As estrelas são obtidas ao se cumprir desafios pré-determinados, como não plantar um número maior de plantas do que um certo limite, matar um número de zumbis em determinado espaço de tempo, ou ficar sem plantar durante um intervalo de tempo.

estrelasA busca pelas estrelas ajuda a prolongar a jogatina, sem deixar o jogo cansativo. Ponto para a equipe da PopCap, que oferece uma experiência que realmente se torna desafiadora na medida certa sem frustrar o jogador, por motivá-lo a rever seus métodos, caso precise repetir uma partida.

Além das estrelas, existem ainda chaves que são liberadas durante as partidas, mas que desaparecem se você não as tocar no tempo certo. Estas chaves liberam portões com níveis extras, e melhorias para seu arsenal de defesa!

O jogo também introduziu uma ótima utilidade para a tela touchscreen do aparelhos. Agora, em troca de algumas de suas moedas conquistadas, você consegue utilizar uma série de gestos com os dedos, para cortar os zumbis ao meio (em um movimento de pinça, semelhante ao de zoom em fotografias), para empurrá-los para fora da tela (em movimento semelhante ao de cortar as frutas do popular Fruit Ninja) e muitos outros! Uma ótima escapatória para as horas em que suas plantas não estão mais dando conta do serviço!

MÚSICA E SONS

A música tema de Plants vs. Zombies original está de volta, mas apenas nas telas iniciais e menus do game. Cada universo espaço-tempo tem uma trilha sonora própria, em canções que poderiam ter sido melhor trabalhadas para soar menos repetitivas, seguindo o padrão do game anterior. Talvez muitos gamers poderão preferir jogar ao som de seus próprios álbuns aqui.

Os efeitos sonoros dos zumbis e das plantas são o oposto: Eles surgem nos timings corretos, e são muito apropriados para cada situação e característica dos personagens! Um ótimo trabalho da PopCap, que nos faz aguardar pela popular frase “The zombies are coming”!

QUANTO VALE O SHOW

O jogo será gratuito! Assim que estiver disponível mundialmente, você poderá fazer o download do game na AppStore e começar a defender Dave Doidão. No entanto, você receberá em vários momentos, ofertas de desbloqueio de novas plantas e novos níveis por meio de pagamentos in-App Purchases, com preços entre US$ 2.99 (para moedas e plantas) e US$ 99.99 (para pacotes de moedas).

IMG_0755

Na realidade, estes itens poderão ser conquistados normalmente no game play. Mas os mais ansiosos, e aqueles com menos tempo para desbravar as conquistas, poderão desembolsar algum dinheiro e antecipar o seu progresso no jogo. E aqui fica o aviso aos pais: Se seus filhos tiverem acesso à sua conta iTunes e ela for vinculada a um cartão de crédito, eles poderão efetuar este tipo de compra. Fique de olho!

Por enquanto Plants vs. Zombies 2 – It’s about time está disponível apenas na Austrália e na Nova Zelândia. A estratégia da PopCap e da EA, é lançar o jogo e novos territórios gradualmente, garantindo que a infraestrutura disponível suporte o número de usuários. Nas próximas semanas o game deverá chegar a novos países.

CONCLUSÃO

Em resumo, o game atende muito bem as expectativas dos fãs de carteirinha, e recebe os novos players com grande cuidado e didática. As partidas vão se tornando mais desafiadoras em um nível gradual, e apesar de se tratar de um game freemium (gratuito, mas com possibilidade de comprar itens), as compras não são um requerimento para se obter uma ótima experiência de jogo. O pleno uso do iCloud, o carinho com a localização para o Brasil e as novidades trazidas pela versão, mostram que aqui temos um trabalho sério, e não apenas uma sequência do tipo “caça-níqueis”. Assim, se você possui um dispositivo móvel da maça, este download gratuito será obrigatório para sua coleção!

… a LifeStart avalia este clássico com nota B+!

Fique ligado aqui na LifeStart para saber em primeira mão quando o game estará disponível na AppStore brasileira.

Curta nossa página no Facebook: http://facebook.com/lifestartbr/.

 

Resumo
Analisado por
Wellington José da Silva
Data
Jogo analisado
Plants vs. Zombies 2
Nota
4